Reprisou-se a alegria dos reencontros e a grande festa dos corações, no Expotrade, em Pinhais, nos dias 13 a 15 de março. O público superou todas as expectativas. Foram onze mil presenças na abertura e, nos três dias, computados cerca de cinquenta mil participantes, que assistiram os seminários, conferências e circularam pelas quatro livrarias espíritas: Mundo Espírita (FEP), Alvorada (Salvador/BA), Fráter (Niterói/RJ), SER (Belo Horizonte/MG).

Lançamentos – destaques
Roteiro de Luz – Europa 2013
– livro de 518 páginas, retratando a Jornada Europeia de Divaldo Pereira Franco, por dezoito países, vinte e sete cidades, no período de 6 de maio a 12 de junho de 2013. Redação e organização de Maria Helena Marcon. Edição FEP.

Momento Espírita – Filhos – CD volume 27 – quinze textos, especialmente dedicados a questões da educação, relacionamento pais e filhos, a celeste dádiva dos filhos. Edição FEP.

Divaldo Pereira Franco – A trajetória de um dos maiores médiuns de todos os tempos – excelente biografia do orador espírita. Autoria de Ana Cláudia Landi. Edição Bella Editora/LEAL.

Tesouros libertadores – mensagens do Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo. Edição LEAL.

Todos precisam de paz na alma – mensagens do Espírito Benedita Maria, psicografia de Raul Teixeira. Edição FRÁTER.

Selo comemorativo e cartão postal - Em homenagem ao Sesquicentenário em foco, com o apoio dos Correios, a FEP lançou selo comemorativo e cartão postal alusivo ao evento. A venda reverteu em prol da Conferência, ofertados, em especial promoção, junto com o selo comemorativo ao Sesquicentenário de O Evangelho segundo o Espiritismo, no estande Amigos da Conferência.

Apresentações artísticas
Na sexta, a apresentação ficou a cargo de Liane Guariente, em belíssimos solos, com acompanhamento ao piano por Fábio Rodrigo Cardoso.

No sábado, sob a batuta da maestrina Doriane Rossi, do Setor de Artes da FEP, apresentou-se o Coral do Centro Espírita Ildefonso Correia, com acompanhamento dos músicos Fábio Rodrigo Cardoso (piano), Leonardo Nascimento Cardoso (percussão) e Thomaz Jucksch (violoncelo).

O selecionado repertório foi aplaudido de pé: Caresse sur l’Ocean - Bruno Coulais, Christophe Barratier; Only Time – Enya; Aleluia – Andrey Cechelero; Halleluyah – Haendel e Baba Yetu – Christopher Tin.

Os conferencistas
Alberto Almeida, do Pará; Haroldo Dutra Dias, de Minas Gerais; Divaldo Pereira Franco, da Bahia e Sandra Borba Pereira, do Rio Grande do Norte se revezaram na tribuna, oferecendo ao público duas conferências (O Céu e o Inferno – A Justiça Divina segundo o Espiritismo e Doença – Caminho para o Céu? Ou para o Inferno?) e sete seminários (Código Penal da Vida Futura; Céu e Inferno – Aqui e Além; Bem-aventurados os Aflitos; Sexo e Consciência; Penas Eternas ou Penas Duráveis?; Entre o Céu e o Inferno… a Família?; e Ciência e Espiritismo).

Coordenação geral
Luiz Henrique da Silva, presidente da FEP foi o coordenador geral, tendo como mestre de cerimônias, Paulo Roberto de Oliveira, que apresentou, ainda, antes das conferências, Momento Espírita ao vivo.

Na cerimônia de abertura, compuseram a mesa, com o Presidente, os dois vices Adriano Lino Greca e Danilo Arruda da Luz; José Virgílio Góes, assessor da Presidência; Ricardo Mesquita, representando a Federação Espírita Brasileira; Milciades Lezcano, da Federação Espírita do Paraguai; Flávio Arns, secretário de Assuntos Estratégicos do Paraná; Marcelo Paulo Baggio, do Ministério Público do Paraná; Marília Isfer, representando o Diretor do IPPUC; Coronel João Francisco dos Santos Neto, representando o Comandante da Polícia Militar; Raul Teixeira, de Niterói; os conferencistas Alberto Almeida, Alessandro Viana Vieira de Paula, Divaldo Pereira Franco, Haroldo Dutra Dias, Sandra Borba Pereira e Suely Caldas Schubert.

Entrevistas
A Assessoria de Imprensa (Maria Helena Marcon/Maria Luiza Campos e Jaqueline Ribeiro) esteve a postos, em tempo integral, para o agendamento das entrevistas com os conferencistas e líderes espíritas.

Concederam entrevistas: Alberto Almeida, Alessandro Viana Vieira de Paula, Haroldo Dutra Dias, José Virgílio Góes, Luiz Henrique da Silva, Maria Helena Marcon, Sandra Borba Pereira, Suely Caldas Schubert.

Mídia presente: Jornal A Voz do Paraná – Cascavel/PR – jornalista Sumaya Klaime Risso; Rádio Nirvana FM 88.9 – Irineópolis/SC – Claudinei Binder; Rádio Comunitária São Leopoldo – São Sebastião do Caí/RS – Bandeira e Programa televisivo O Espiritismo Responde, da 7ª URE, Maringá/PR.

As transmissões
Toda a CEE pôde ser assistida à distância, pela FEBTV e TVICEB, graças ao trabalho de Marcelo Uchoa e Regina Fátima Mercadante Freitas Pires.
Pelo site da CEE, mantido pela FEP, as transmissões ao vivo também se fizeram, com êxito.
Transmissões de áudio ficaram sob a responsabilidade da Rádio Fraternidade.

Caravanas
Foram registradas de quatorze Estados, cento e quatorze cidades e duas do Exterior.
Amazonas: Manaus.
Bahia: Salvador.
Distrito Federal: Brasília.
Espírito Santo: Vitória.
Mato Grosso: Cuiabá.
Minas Gerais: Arceburgo, Belo Horizonte, Carmo do Rio Claro, Juiz de Fora, Guaxupé, Ipatinga, Ivinhema, Monte Santo de Minas, Nova Andradina, Nova Rezende e Poços de Caldas.
Pará: Belém.
Paraíba: João Pessoa.
Paraná: Antonina, Apucarana, Arapongas, Campo Largo, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Colorado, Cornélio Procópio, Curitiba, Faxinal, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Guaratuba, Irati, Jandaia do Sul, Loanda, Londrina, Mandaguari, Marialva, Maringá, Matinhos, Morretes, Palotina, Paranacity, Paranaguá, Paranavaí, Pato Branco, Paula Freitas, Pinhais, Ponta Grossa, Pontal do Paraná, Ribeirão do Pinhal, Rio Negro, Santa Fé, Santa Isabel do Ivaí, São José dos Pinhais, São Mateus do Sul, Sarandi, Umuarama e União da Vitória.
Rio de Janeiro: Niterói e Rio de Janeiro.
Rio Grande do Norte: Natal.Rio Grande do Sul: Alegrete, Ijuí, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Porto Alegre, Santo Ângelo, São Luiz Gonzaga e Três Passos.
Santa Catarina: Balneário Camboriu, Blumenau, Brusque, Capinzal, Chapecó, Concórdia, Dionísio Cerqueira, Florianópolis, Indaial, Irineópolis, Itaiópolis, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Laguna, Mafra, Maravilha, Pinhalzinho, Poço Claro, Porto Belo, Rio do Sul, Rio Negrinho, Salete, São Joaquim, São Miguel do Oeste, Trombudo Central, Tubarão, Videira e Xanxerê.
São Paulo: Apiaí, Dracena, Itapetininga, Itapeva, Junqueirópolis, Ourinhos, Presidente Prudente, Presidente Wenceslau, Regente Feijó, Santa Cruz do Rio Pardo, Santo André e São José do Rio Preto.
Exterior: Argentina e Paraguai.

Agradecimentos
Finalizada a XVII CEE, Luiz Henrique da Silva agradeceu a Deus, a Jesus o êxito alcançado, estendendo sua gratidão aos conferencistas, aos voluntários, funcionários da FEP, empresas e particulares Amigos da Conferência e aos participantes.

Mensagem de encerramento
Senhor Jesus, Abençoa os Teus servidores recém chamados à Tua Seara de sublimação. À última hora, a Tua misericórdia localizou-nos na ociosidade, no vício, distante dos deveres para Contigo e para com o Pai e aceitamos a Tua invitação, entregando-nos em regime de totalidade ao ministério da autoiluminação.

Reconhecemos a falta de condições para desempenhar o ministério que nos confiaste. Mas Tu, que nos conheces, identificando as nossas imperfeições, elegeste-nos assim mesmo, e aqui estamos, nesta hora muito grave em que as crises tornam-se o dia a dia dos habitantes do Planeta. 

Crises de toda ordem, porém, sabemos Senhor, que após a crise bem administrada vêm os resultados opimos da luta, e, sabemos que a madrugada começa alguns segundos depois da meia-noite.

Amanhece, Jesus, o dia da Era Nova, por enquanto, ainda tisnado pelas sombras, assinalado pela herança ancestral, dependendo, no entanto de nós, a mudança, em definitivo, para que se estabeleça o primado do Espírito.

Perdoa-nos a indigência moral, a pobreza de sentimentos, a carência de recursos, pois que, os poucos que possuímos são-nos concedidos por Ti, mas, permite que os corações afetuosos que nos ouvem, mantenham-se em paz, não permitindo que o mal dos maus afete-lhes a harmonia interior Contigo. Ajuda-os a vencer as provas difíceis que se avizinham além destas que no Planeta quase todos experimentam.

Desta forma, permite ao teu servidor humílimo dizer: Filhas e filhos da alma, ide cantando o hino de alegria. Já não existem o circo, o empalamento, as fogueiras, os presídios localizados em determinadas áreas geográficas. Expandem-se-lhes as fronteiras, alargaram-se os horizontes, as feras, os instintos indomados estão à solta.

Tende bom ânimo! Se necessário, sacrificai o orgulho, o egoísmo em favor da solidariedade, da fraternidade. Aprendei a renúncia, porque vitorioso nem sempre é aquele que conquista a láurea terrestre.

Foi do silêncio dos mártires que a mensagem de Jesus alcançou os altiplanos da vida. Perseverai no bem, possuindo a honra de pagar o tributo pela felicidade de vos identificardes com a palavra do Amigo que ainda não tem amigos…. E permanecei na fé pura transformada em ação em favor de vós próprios, na pessoa do vosso irmão.

Filhas e filhos da alma, em qualquer circunstância, amai. Jesus espera que cumpramos com nosso dever, porque Ele vem desempenhando a missão que o Pai Lhe confiou com paciência, misericórdia e confiança em nosso êxito. Que Ele nos abençoe e nos proporcione plenitude espiritual. São os votos do servidor humílimo e paternal de sempre. Bezerra. Muita paz.

Psicofonia pelo médium Divaldo Pereira Franco, em 15 de março de 2015,
no encerramento da XVII Conferência Estadual Espírita, em Pinhais-PR.
Revista pelo autor.