Inter-Regional Oeste

 em Notícias

Esperança, o dínamo da renovação

A quinta noite de atividades da 24ª Conferência Estadual Espírita, em 9 de março, foi conduzida pela Inter-Regional Oeste: Gisele Carozza de Souza Risso, presidente da 10ª URE, Mary Ângela Matté Dutra da Silva, presidente da 13ª e Márcia Santos Menezes, presidente da 17ª, e teve como conferencista Sandra Borba Pereira, abordando Esperança, o dínamo da renovação.

Sandra destacou que a esperança é uma marca Divina em nossas vidas. Inerente à condição humana, é força, energia, impulso. É acreditar que as coisas possam sempre acontecer de forma positiva e consiste em confiar que algo melhor virá no futuro. Induz a criatura humana a dar continuidade às lutas redentoras de cada dia.

A conferencista alertou que a falta de esperança pode provocar desânimo, desalento, dúvida permanente e incerteza, descrença no ser humano, visão pessimista da vida, quadro de adoecimento, depressão e ideação suicida. Acrescentou que a esperança é uma virtude e, como um hábito, deve ser alimentada, diariamente, ainda que as vicissitudes da vida estejam presentes.

Lembrou Santo Agostinho, que disse que a esperança tem duas filhas: a indignação e a coragem. A primeira ensina a ter uma leitura crítica e o autoconhecimento, ao passo que a coragem é necessária para mudar aquilo que não está da forma como se gostaria, tanto em nível individual, renovando as forças morais, quanto coletivo, reforçando o compromisso social em buscar o bem-estar geral.

Concluiu que, primeiramente, é preciso ter confiança em Deus e na Sua justiça, indicando o caminho para isso: orar, servir, trabalhar, amar, instruir e ser instruído. Sandra destacou ainda que o agir na esperança nos remete ao Mestre Jesus, que acalma as tempestades internas e externas da alma, uma vez que a esperança é uma força renovadora na vida humana, capaz de proteger do desânimo e impulsionar para o crescimento. Por fim, ressaltou a responsabilidade que cada um tem com seus comportamentos para garantir sua saúde mental, moral e emocional.

Liliane Duran Lopes

Postagens Recentes
0